sexta-feira, 27 de junho de 2008

Agradecimentos

Eis senão que quando me deparo com mais uma daquelas fases… e das boas! Para a frente é que é o caminho, embora comece a olhar cada vez mais para trás. Não está nada fácil…
Sinto que devo agradecer a todos quantos me têm apoiado e ajudado ao longo destes cerca de 2 anos e meio. Começando por todos o que me rodeiam e gostam de mim incondicionalmente, como a minha família: mãe, pai e Guia, Beta, puto, avós, tia, tios e primos, madrinha, padrinho, mesmo todos aqueles que não sabem demonstrar o seu apoio verbalmente, porque claro que cada um de nós sofre à sua maneira, e todos sofrem, sim porque estas doenças afectam todos os que rodeiam o doente. Sinto o vosso apoio sempre, são a minha base de sustentação, não se esqueçam disso nunca. Posso ser um ser único, mas fui feita à vossa imagem, e por tal agradeço-vos muito e estou orgulhosa de pertencer a esta família. Ah é claro nunca me poderia esquecer da Noca, hehehe! Companheira fiel de todos os dias, tanto os alegres e tristes. Adoro-te mémi-cão!

Agradeço também a todos os amigos verdadeiros, aqueles se realmente se interessam em saber e não perguntam apenas por perguntar, por mera curiosidade, todos esses amigos sabem quem são, uns distantes espacialmente mas nunca distantes do pensamento e coração e outros bem mais perto, amigos recentes com afinidades maravilhosas e características positivas e energias altas que me põem o astral em cima, outros de longa data, cuja vida se encarrega de os fazer mais distantes, mas sempre amigos.

Amigos de ocasião: a esses também agradeço por me fazerem ter uma perspectiva de vida algo diferente, fazendo com que me apercebesse das coisas realmente importantes: gostar de mim e de quem gosta realmente de mim. Tentar não perder tempo com futilidades banais, do diz que disse, do que tem, do que poderia ter, etc. Do mal que me fizeram tiro apenas a boa lição que aprendi. Tento não desperdiçar os meus momentos únicos e vivê-los tranquila, em paz de espírito e ser feliz, mesmo dentro das minhas adversidades. Que sempre assim seja, mesmo quando ficar completamente bem!

Aos meu colegas e professores de cursos, tanto da licenciatura, assim como da pós-graduação. Seria cínica se afirmasse que todos me marcaram da mesma maneira, a todos o meu obrigado por se terem cruzado na minha vida, mas em especial aos que continuam a fazer parte incondicional dela.

A todos os doentes com quem tive o prazer de privar e suas famílias, aos que já partiram deste mundo e muita falta me fazem, aos que continuam a sua luta pela vida, e aos que felizmente se encontram bem. Verdadeiras lições de vida que para sempre ficarão na minha memoria.

Last but not least, a todo o pessoal médico, enfermeiros, auxiliares, técnicos administrativos, senhoras da limpeza, ao capelão, a todos quantos me deram uma palavra amiga na hora certa mesmo sendo desconhecidos, a todos que por mim têm passado e assistido também à minha luta, mas a minha maior vénia é em especial para pessoal do Hospital Santo António dos Capuchos de Lisboa, que se mostra sempre incansável, têm sempre um sorriso, mesmo eu me apercebendo de todas as dificuldades que têm em trabalhar num serviço tão triste, trabalhando com tantos revés técnicos devido a cortes orçamentais, mas sempre bem dispostos, atenciosos, verdadeiros heróis, por nos apoiarem, aos anjos de branco agradeço a sua loucura saudável que me acalmaram tantos momentos pesados, o seu sentido profissional e competente que também me aliviaram em muitos momentos aflitivos. Aos deuses de bata branca, em especial aos que comigo lidam mais de perto, espero que possam sempre ter uma luzinha de clarividência para que possam sempre tomar as decisões mais acertadas. Excelentes profissionais que dão o que têm e o que não têm… Podem ter a certeza que de mim têm a verdadeira admiração e orgulho por vos ter conhecido a todos.

Peço desculpa se me esqueci de referenciar alguém, a lista é longa, mas a cabeça também já não é a mesma! Se me esqueci perdoem-me, mas também se sabem que aqui deveriam ter sido mencionados é porque também sabem que fazem parte da minha vida e dos meus agradecimentos! Lol